terça-feira, 13 de setembro de 2011

ENRAIZANDO E CONTINUANDO A BROTAR

Seis meses sem produzir uma publicação e eu já nem me lembro mais o motivo de ter criado um blog. Ah sim, diversão, passatempo, troca de experiências, de idéias, receitas, sobretudo troca de saberes.
Indubitavelmente vamos criando afinidades com leitores e de acordo com os assuntos de nosso interesse, também conhecendo pessoas diferentes, muitas vezes de lugares distantes.
Nesses seis últimos meses não deixei de cozinhar minha comidinha prosaica, inventar minhas artices domésticas e culinárias, usar os filhos e marido de cobaias. Também tirei férias, viajamos, curti sol, chorei, às vezes praguejei com a chuva, acompanhei meu pai em uma cirurgia, passei cinco dias no hospital, cozinhei, comi em restaurante, comi porcaria, mesmo com pós arrependimento, mas eis-me aqui.
Simbolicamente, sem qualquer intenção, volto a escrever depois de ganhar estes rizomas de cúrcuma que estão na foto.
Eles não serão usados em alguma receita, tampouco nova experiência culinária, mas irão para a terra a fim de produzirem mais, para crescerem horizontalmente por baixo da terra - os rizomas crescem horizontalmente, aprendi - soltarem suas folhonas verdes e suas flores brancas e quando chegar o tempo, se reproduzirem por meio de outros rizomas - dedinhos ou olhos que vão crescendo - assim como esses que ganhei, assim como o gengibre da mesma família. Aprendi também que é uma planta difícil de ser destruída, devido a essa peculiaridade de brotar. E então quando estiver na época, arrancarei aos poucos e aí sim usarei pra cozinhar, pra tingir farinhas e massas, pra colorir e pintar molhos, talvez o rosto; numa maquiagem naturalmente simplória para reencontrar pessoas queridas que vamos conhecendo, com quem vamos nos divertindo, passando o tempo, trocando experiências, idéias, receitas, trocando saberes como eu disse lá no início deste post e como aconteceu quando ganhei os rizomas de cúrcuma no dia em que conheci a Neide Rigo, filha e marido, assim tudo de uma vez e muito rápido, mas que já permitiu vislumbres de novos encontros e novas trocas. Agora o tempo cuidará dos rizomas, por baixo da terra, nas caixas de email, raízes irão se enlaçando, trocas acontecendo, flores aparecendo e vamos brotando, brotando...não por acaso Brotas, brotos e brotoejas.



Quer saber mais desse encontro?
Veja aqui: Passeio por Curitiba
Aqui : Mercado Municipal Curitiba
E aqui: Na cozinha da Gina

E aqui:
 

5 comentários:

Gina disse...

Fiquei com pena de confinar os rizomas num vaso, que é meu único local de plantio.
E vamos enraizando e brotando...
A cúrcuma despertou o "brotos..", que estava adormecido...!
Bjs.

laila disse...

e eu q demorei pra ler essa prosa tao gostosa... nao abandona o blog!! adoro seus causos!! bjooo

Neyma disse...

GOSTARIA DE TER SUAS RECEITAS PUBLICADAS NO PORTAL GIRO REGIONAL? Então mande a receita com fotos e seu nome ou nome do blog para: juliana@giroregional.com.br - Portal da minha filha Juliana que agora esta morando em Salto, SP. Faça uma visitinha (www.giroregional.com.br).
Bjs
Neyma

Fabrícia disse...

Ana minha querida quanto tempoooooooooo ... que saudades. Como andam as coisas? Beijos para ti e para familia.

Chris Ferreira disse...

Olá,
Como sempre posts deliciosos!!!
Adoro!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com.br