domingo, 16 de novembro de 2008

SUFOCO E CORRERIA

O último mês de outubro e este início de novembro têm sido de sufoco e correria. Fiquei sem minha fiel escudeira que deu à luz e está feliz da vida curtindo o Guilherme e eu feliz da vida no leva e traz de criança da escola, trabalhando o dia todo, passando roupa, lavando banheiro, fazendo as mais práticas, repetidas e "microondamente" esquentáveis comidas.
Um breve resumo:
No dia das crianças, um passeio começou por um mercado e terminou numa caminhada no bosque com direito a andar de cavalinho....


Enquanto não temos o Dia do Saci no Brasil (hehehe), permanece o Halloween e não basta ter convicções, pois para as crianças festa é festa. Inspirada pela Fabricia, construí o meu bolo tumba, com a mais banal receita da famosa "nega maluca", gelatina de morango, bolacha maizena de chocolate e uns enfeites que jaziam no baú de quando elas eram mais crianças.




Chegou novembro, a Bruna fez 11 anos e o César ("mãe, sem fotos no blog por favor") fez 15.


Uma semana depois, um susto, uma virose, soro e pronto socorro.

E enquanto tudo isso acontece, alguém continua no hit "Tô nem aí, tô nem aí, nem vem falar dos seus problemas que eu só vou dormir..."

































5 comentários:

Bia Belliard disse...

o bolo tumba ficou legal! espero que tudo ja esteja bem por ai ! beijinhos

Odete disse...

A vida e suss nuances de cores diferentes e mutativas. Lindo resumo de um cotidiano cheio de VIDA. Parabens aos seu filhos e ao baby bem-vindo!

Beijos

Cláudia disse...

Ana, espero que tudo esteja bem, dá um dó ver esta mãozinha com o soro, já passei por isso, a minha filha Gi já ficou internada 5 dias com uma intoxicação alimentar, aguentou firme o soro, e o troca troca, perder veia...mas tudo isso nos serve de aprendizado para nos fortalecermos cada vez mais. Adorei o bolo tumba!

bjs

Goreti disse...

Se der, desacelera!!!

Beijos!!!

Flavinha disse...

Ana, mesmo com tanto sufoco e tanta correria você não perde o bom-humor, né? Até andou de cavalinho... Rsrsrs!Espero que Guilherme, Bruna e César estejam ótimos! E que você aguente firme, sem neuras, afinal uns tempos de comidas microodamente esquentáveis por um tempo não fazem mal a ninguém! Fica tranquila!
Beijocas