quinta-feira, 19 de março de 2009

AH..BÓBORA.

Não tenho idéia e nem tive curiosidade suficiente que me levasse a procurar quando foi que surgiu o leite condensado no Brasil. Sempre ouvi falar que na época da guerra ele facilitou a chegada de leite aos fronts, pois não estragava fácil e era cômodo para o transporte.
Também me lembro de algum adulto dizer que o destino do leite condensado era justamente se transformar em leite puro, apenas juntando-lhe água.
Mas, esse papo todo é porque me lembro que na minha infância o tal leite da latinha, que acabou virando figura de linguagem eternizado como Leite Moça, não era tão comum como hoje, tampouco tão usado.
Há quem diga inclusive que o leite condensado roubou muito da autenticidade dos nossos doces brasileiros mais simples e corriqueiros. E por falar em simplicidade e em infância, o que mais comíamos na minha época eram os doces caseiros com frutas. Minha avó fazia até mesmo doce de mandioca com calda de açúcar queimado que era muito gostoso. Também reside o fato de que nosso paladar não estava desvirtuado pelo leite condensado.
Em casa, mesmo quando faço os doces dos tempos das avós, não costumo usar muito açúcar (outro costume que era bastante comum).
Aí vai o meu jeito de fazer o doce de abóbora em pedaços, considerando que não tenho muita (ou quase nada) paciência de ficar mexendo panelas como minha avó fazia com seu doce de leite invejável.

Corto pedaços de abóbora em cubos e coloco em uma panela alta
Para cada Kg de abóbora, uso meio Kg de açúcar (minha avó usava um por um)
Jogo o açucar sobre a abóbora, tampo a panela e deixo de um dia para o outro sobre o fogão, sem acender fogo.
No dia seguinte o açúcar derreteu todinho e aí sim ligo o fogo baixinho com a panela destampada e vou deixando ferver até que a calda vá engrossando. O detalhe é que em nenhum momento é preciso mexer o doce. Só vou observando a panela, verificando se a calda não está secando muito rápido. Costumo usar pauzinho de canela e cravos.
Quando a calda estiver num ponto agradável, meio grossinho, desligo o fogo e chamo a criançada que obviamente já roubou alguns pedaços, antes mesmo do doce ficar pronto.
Este doce pode ser cristalizado, mas aí uso mais açúcar para a calda ficar "mais pesada" e depois que estiver bem apurado, é só escorrer os pedaços em uma peneira, passar os pedaços no açúcar cristal e deixar espalhados na própria peneira, no sol.

O INÍCIO DO PREPARO


O DIA SEGUINTE, COM O AÇÚCAR TODO DERRETIDO



O DOCE PRONTO E DIMINUÍDO, É CLARO.

10 comentários:

Naninha disse...

Nossa Ana que cor linda fica este doce, vou fazer pra minha mãe!

Andrea Nunes disse...

Ana, tu sabe que hoje mesmo meu pai estava reclamando que todo doce do mundo atual leva chocolate, que em tudo se coloca chocolate, que o povo anda sem criatividade. Eu, pessoalmente amava doces com leite condensado e com chocolate e de uns tempos pra cá tenho preferido os de fruta. Nunca fiz nenhum, mas vou me arriscar a fazer o de abóbora seguindo tua receita. Mas não precisa ir cal? Minha avó acho que fazia com cal... ou estou doida?

beijoca

Silvia disse...

E como diz a Sonia Hirsch, quantos não desenvolveram diabetes por causa do leite condensado!

Sonia Novaes disse...

Ana

Lendo seu relato,voltei lá no meu tempo de criança,quando via minha mãe tb fazer os doces em caldas,que eram os preferidos dela,porque morávamos em chácara e tínhamos muitas frutas.Do doce de abóbora,lembro tb um que ela fazia quando era tempo de moranga,ela fazia o doce com casca,o mesmo procedimento deste que vc citou,mas só que com casac.Não sobrava nem a casca....kkkk...e naquela época ninguém pensava muito em não comer o doce para não engordar,porque lembro bem de min h mãe,era bonita e elegante e bem magra e adorava fazer doce.Hoje temos essa preocupação com o açúcar,com as massas,porque,porque colocam tanta porcaria que vc não sabé em o que está comendo.E parece que tudo o que comemos engordamos...affff!!!!
Bons tempos ....que saudades....
Bjs
Sonia Novaes

Silvia - BH disse...

Coincidencias, duas.
sobre a origem do leite condensado
http://www.alimentares.com/metodista/receitas.asp?r=6
mas o original parece estar aqui
http://www.leitecondensado.com/?p=4

e o blog da Sonia Hirsch, que é novo:
http://www.soniahirsch.com

Quando adolescente, achavamos o máximo uma lata de Leite Moça, que era bem cara na época. Ainda bem que ao longo dos anos, mais e mais passei a preferir outro tipo de ingrediente, e nos últimos tempos, doce com pouco açúcar e de frutas.

Andrea, eu também já ouvi falar de doce com cal e encontrei:
http://www.brasileitalia.info/forum/topic.asp?TOPIC_ID=8189

Dani disse...

Olá Ana,
Conheci seu blog lendo o da Filipa.

E cheguei vendo a receita do doce que eu mais adoro!

Agora me presta uma ajuda, fazendo assim os pedaços ficam com aquela casquinha mais resistente e o interior cremoso?

Pergunto isso, pois minha avó prepara um assim, mas com muito trabalho por usar cal, estou buscando algo mais fácil para uma senhora de 83 anos não se cansar tanto.

No meu blog tem a receita do dela.

Bjs

Cris disse...

Ana:

Minha mãe fazia doce de abóbora assim. Eu, quando criança, chamava de doce do dia seguinte, porque só podia comer...no dia seguinte. E como demorava para o dia seguinte chegar!!!

Bjs,

Cris

Edilia disse...

este doce eu queria saber como era,mas ainda bem que você postou.Delícia.
Edilia

Ana disse...

Oi Ana!
Outra Ana falando aqui! rs!
Cheguei aqui atraves do Chucrute da Fer.
Tbem adoro doce de abobora! Eu ajudava minha avo fazer quando era pequena e continuo fa dos doces mais simples e sem leite condensado - acho tudo muito doce com o dito cujo.

Alias, sobre a origem do leite de lata, o q vc escreveu eh correto porem, ha uma resalva. O leite em lata em questao eh na verdade o Leite Evaporado, e nao o condensado.
O leite evaporado eh esse que voce falou, que ajudou na guerra, q as pessoas compravam antigamente quando tudo se estragava facil. O leite evaporado se adicionado agua realmente transforma-se em leite comum.
O leite condensado na verdade eh o leite evaporado porem adicionado de acucar (basicamente na mesma proporcao).
O leite evaporado eh literalmente um leite que foi aquecido a altas temperaturas para q o teor liquido (de agua) evaporasse e sobrasse somente um leite concentrado, que uma vez super-aquecido conserva-se intacto sem necessidade de refrigeracao.
Tai, escrevi de mais nao. Desculpe se fui chata.
Bem bacana seu blog viu!
Abracos!
Ana

Silvia - BH disse...

Voltei para dizer desta receita da Verena de leite condensado caseiro:

http://mangiachetefabene.wordpress.com/2009/08/28/creme-com-chocolate-branco-e-uvas/

E uma história mais completa do leite condensado que ela deu a referncia:
http://www.outravisao.com.br/leite.html