sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A TURMA DO FUNIL E O EFEITO DOMINÓ...

Minha avó fazia bolinho de chuva mesmo com sol e sem medidas. Nós adorávamos e ficávamos a imaginar as formas variadas que os bolinhos tomavam quando eram pingados no óleo quente. Levar o bolinho murcho no lanche da escola no dia seguinte também fez parte de uma infância divertida, feliz e muito, mas muito saudosa.
Hoje ainda fazemos muitas receitas sem medidas, usando a intuição, as lembranças, os gostos, além de termos "zil" receitas copiadas, recortadas, impressas, guardadas em armários e estantes, anotadas em livros e revistas; certamente muitas das quais nunca faremos.
O mundo dos blogs de receitas culinárias então, nos dá combustível para muitos e muitos pratos, sabores e gostos. É fácil perceber que muitas coisas acabam tendo um efeito dominó e ao ser postada em um blog, logo vai pipocando nos outros, com modificações, comentários "huns e hums e mignhams e mignhons".
Foi assim, lembrando desse efeito dominó que ao resolver fazer o Funnel cake, me lembrei que já o tinha visto nos blogs da Cinara e da Agdah.
Eu segui a receita publicada pela Cinara, mas certamente alguma outra receita particular dará o mesmo resultado, que na verdade depende do diâmetro do funil ou qualquer outro objeto "pingante" que nossa imaginação permitir. E como diria Lupicínio Rodrigues: "O pensamento parece uma coisa à toa, mas como é que a gente voa quando começa a pensar ."

2 ovos
1 1/3 xícara de leite
2 2/3 xícaras de farinha de trigo
1/4 xícara de açúcar
1/4 colher de chá de sal
2 colheres de chá de fermento em pó
Açúcar, canela, geléia, queijo cremoso ou/e o que mais a imaginação permitir .



6 comentários:

Odete disse...

Eh isso mesmo Ana, o fbolinho de funil, nada eh mais do nosso bolinho de chuva sem passar pelo funil. Aqui ele eh o Rei nas feiras e eventos publicos, com filas kilometricas nas barracas. Agora nem tanto mas quando tudo ainda era deslumbramento pra mim, nao perdia uma chance de me esbaldar com eles. Cheguei ate a comprar o kit para fazer em casa.

Beijinhos e bom fim de semana - espero que mais quentinho por ai agora...

Flavinha disse...

Eu não sabia que eram tão parecidos!

Amo bolinho de chuva! Acho que vou fazer este bolinho de funil para as crianças, lá no sítio!

Beijocas

laila disse...

como são deliciosos seus relatos e suas "travessuras" na cozinha!!bjos aninha!!!

Agdah disse...

Tenho certeza que esse seu, feito com tanto amor e carinho, tem um sabor melhor e mais agradável do que os encontrados aqui. Dada morre de amores por eles. Toda vez que há alguma feira ou festival, ele é sempre o primeiro da fila e pede sempre com muito creme de chatilly e morangos em calda.

Naninha disse...

Meu pai costumava fazer bolinho de chuva pra mim, rs é uma delicia nè?!
Olhei a foto de longe e achei que fosse camarão , rs Estou precisando de óculos!
Beijos e ótimo final de semana!

Luciana Macêdo disse...

Ana, estes bolinhos trás mesmos as lembranças de tempos decriança. Minha mãe sempre faz, eu nem tanto, adoro mas evito por ser fritura então só de vez em quando para matar a saudade Este de funil está na minha lista aguardando esta hora.

Que bom que sua turma gostou da batata com espinafre. O rocambole é um pouco trabalhoso mas vale a pena, é muito gostoso.
Bjs e bom fim de semana.