terça-feira, 4 de março de 2008

UMA SEMENTE DE ILUSÃO...




Bem no cantinho da parede da minha garagem, entre o restinho de terra do jardim e a parede, nasceu este pezinho de mamão.
Ninguém plantou, a semente deve ter caído de algum saco de lixo ao ser transportado.
Estou num breve compasso de espera para transplantá-lo quando estiver um pouquinho mais forte. Minha avó sempre disse que mamão não se transplantava. De qualquer forma vou tentar.
Mas me fez pensar muito sobre as possibilidades diárias que a natureza tem e aproveita para continuar, para perpetuar as espécias, mesmo quando nem tudo contribui para isso.

Vale lembrar Gilberto Gil: ....o amor da gente é como um drão, uma semente de ilusão, tem de morrer pra germinar. Plantar nalgum lugar rescussitar no chão....

Lembrei também do poema abaixo do Drummond, chamado A FLOR E A NÁUSEA. Estou colocando só o final, mas quem tiver interesse, vale a pena conhecê-lo (ou relê-lo) inteiro.


Uma flor nasceu na rua!
Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego.
Uma flor ainda desbotada
ilude a polícia, rompe o asfalto.
Façam completo silêncio, paralisem os negócios,
garanto que uma flor nasceu.
Sua cor não se percebe.
Suas pétalas não se abrem.
Seu nome não está nos livros.
É feia. Mas é realmente uma flor.
Sento-me no chão da capital do país às cinco horas da tarde
e lentamente passo a mão nessa forma insegura.
Do lado das montanhas, nuvens maciças avolumam-se.
Pequenos pontos brancos movem-se no mar, galinhas em pânico.
É feia. Mas é uma flor. Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio.



6 comentários:

Luciana Macêdo disse...

A natureza nos surpreende.
Bjs!

Fabrícia disse...

Que coisa mais fofa Ana..... tão meiguinho.....
Bjcas.

Natural Naturalmente disse...

Adoraria ter um pézinho de mamão, mas no 9º andar é dicil,
Tomara que ele aguente a mudança.
Um beijinho
Márcia

yaralucas disse...

Acho que ele aguenta ser transplantado sim, tire a muda com um belo torrão em volta da raiz e manda ver. Costumo mudar minhas florzinhas ao entardecer, quando está mais fresquinho e nunca tive problemas :o)Boa sorte ao seu mamãozeiro :o)

Beijos

Yara - www.uiaqui.blogger.com.br

Eliana Scaramal disse...

Que lindo!! Eu adoro essa musica do Gil. :)

Receitas da Filipa disse...

Realmente a natureza é surpreendente... Boa sorte ao transplantar o pé de mamão :)

Beijinhos